Fábio Braga cobra melhorias em estradas do Baixo Parnaíba…

 

O deputado Fábio Braga (Solidariedade) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa para pedir ao governador do estado, Flávio Dino (PCdoB), aceleração no processo de recuperação, recapeamento, ou asfaltamento, das rodovias estaduais que ligam as cidades de Chapadinha a Anapurus; Anapurus a Brejo; Brejo a Santa Quitéria; Santa Quitéria a São Bernardo e de São Bernardo até a divisa do estado do Piauí, na região do Delta do Parnaíba.

– É fundamental que exista na área o mínimo de infraestrutura logística, como boas estradas para o escoamento da produção, por exemplo – pregou o parlamentar, levando em conta o desenvolvimento previsto com a chegada do agronegócio na região.

De acordo com Braga, a situação do trecho Chapadinha-Brejo, que pertence a MA- 034 e que tem uma importância fundamental na movimentação entre o Baixo Parnaíba,  o Leste Maranhense e o Porto do Itaqui é precária por causa de sua qualidade.

– É uma  via  estreita com  péssimos acostamentos, em alguns trechos até inexistentes, o que além de desestimular investimentos privados na área, vem provocando vários acidentes  nos últimos anos, muitos deles  fatais,  envolvendo motos, veículos leves e carros pesados, tal é o fluxo que demanda aquela rota –avaliou.

O deputado percorreu de carro o trecho das rodovias citadas.

– Partindo da Palestina, em Anapurus, fui até o Buriti e depois até Duque Bacelar, percorrendo cerca de 50 quilômetros. Constatei naquele trajeto o asfalto precisa ser recapeado urgentemente, porque vi algumas máquinas trabalhando lentamente e que existem muitos buracos na estrada que dificulta a trafegabilidade e que carece de recuperação para que a região possa ter chances de se desenvolver – criticou.

Destacou, também, o aumento crescente do número de carretas com transportes de grãos, como milho e soja, saindo do Baixo Parnaíba para o Porto do Itaqui, ampliando, como decorrência lógica, os riscos de acidentes para os usuários, em razão da falta de estradas de rodagem seguras.

Fonte: Portal Gaditas 

Comentários