Alunos do Campus Coelho Neto alcançam 960 pontos no Enem

Alunos do Campus Coelho Neto alcançam 960 pontos no Enem

Uma das metodologias utilizadas pelos estudantes foi a persistência em leituras e o cuidado em estar atualizados com as notícias do Brasil e do mundo.

Alunos do Instituto Federal do Maranhão – Campus Coelho Neto – se destacaram nas redações do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM 2017. Segundo o professor de Letras-Português, Douglas Silva, apesar de nenhum aluno conseguir nota mil, o rendimento dos estudantes foi excelente, pois a nota média da redação passou de 600 pontos, graças a uma intensa produção de textos com assuntos variados, bem como a qualidade na leitura de temas atuais.

O destaque ficou por conta de que três alunos obtiveram nota de 960 pontos e outros dois 940. A estudante Ana Raquel Rodrigues Uchôa do curso de Técnico em Informática ficou muito feliz com o resultado. Segundo a jovem, a persistência em ler constantemente e estar atualizada com notícias no Brasil e no mundo contribuiu bastante para seu sucesso. Ela contou que de março a julho estudava 9 horas por dia, com intervalos de descanso de vinte minutos. Fez um plano de estudos. E nos finais de semana só praticava redação. Produziu cerca de vinte textos nesse período, sob a orientação do professor Douglas Silva, que há um ano trabalha com projetos de extensão na área de redação, assim como uma aula por semana de produção textual com análises de temas, leituras variadas, debates em sala de aula e um laboratório de redações nos horários de contra turno dos alunos.

“Muitos alunos possuíam pouca base na escrita. Mas com um trabalho persistente de leitura e estímulo para produzirem redações, começaram a se destacar. O mais importante é criar motivações para produzirem e só depois solicitar inúmeras produções. Estou muito feliz com essas notas apesar de que já esperava esse bom resultado. Sem contar que tivemos outros alunos com 920, 880, 840 pontos” relata o professor.

Outra estudante que conseguiu a nota de 960 pontos foi Iara Costa Oliveira, do curso de Técnico de Administração que vibrou muito quando recebeu a pontuação. Ela disse: “comecei a estudar redação no curso de férias em janeiro de 2017, ministrado pelo professor Douglas Silva, e a partir daí continuei praticando conforme as orientações do mesmo. Sempre me dediquei às aulas de redação e lia muitas redações nota mil. Não pensei que fosse tirar uma nota tão alta, apesar de ter praticado bastante. O importante é que no final deu tudo certo”.

Já a estudante Moniely de Araújo Santana, do curso Técnico de Informática, turno matutino, que obteve a nota de 940 pontos, conta que estudava de uma forma que a deixava confortável. “Eu e meus amigos discutíamos possíveis temas, trocávamos citações, estudávamos a estrutura do texto e produzíamos sempre que possível. Minha dica é não se desesperar. Começar aos poucos respeitando seus limites. Afinal, é melhor estudar 1h e aprender todo o assunto do que estudar 5h e esquecer tudo no outro dia” disse a estudante.

Outros alunos que também tiveram a nota de 960 e 940 pontos foram Bruno José Bastos Reis e Victória dos Santos Neipp, ambos do curso de Técnico de Informática. Para Neipp, o importante é seguir um horário de estudos de forma bem organizado, tanto na escola quanto em casa. Ela fazia 3 a 5 redações por semana, assistia a videoaulas, lia livros e revistas sem se esquecer de entreter-se com séries ou outras diversões. 

 

Informações: https://portal.ifma.edu.br

Comentários